segunda-feira, 21 de novembro de 2016

FISIOTERAPIA: Lesão de ligamento cruzado posterior

O Ligamento Cruzado Posterior (LCP) é um ligamento do nosso joelho e tem a função de restringir o deslocamento da tíbia em relação ao fêmur. As lesões nesse ligamento não são tão comuns quanto do Ligamento Cruzado Anterior (LCA), mas merecem muita atenção e cuidado.




LESÕES DO LCP:
Geralmente essas lesões são causadas por traumatismos de alta energia. Por esse motivo, muitas vezes, a lesão desse ligamento pode passar despercebida pois o indivíduo também pode apresentar fratura de fêmur e/ou tíbia



O estudo de Caldas MTL et. al teve como objetivo avaliar a prevalência das lesões combinadas de LCP, bem como o mecanismo de lesão e se teve fratura ou luxação associada.Foram encontrados alguns resultados:

Quanto a prevalência:
=> Maior prevalência em homens (78,8%);
=> Média de idade: 32,9 anos;

Quanto a associação de lesões:
=> 43,5% dos pacientes apresentaram lesão de dois ligamentos;
=> 41,2% dos pacientes apresentaram lesão de três ligamentos;
=> 15,3% dos pacientes apresentaram lesão LCP isolada.

Causas:

=> 73,8% das lesões foram causados por acidentes de trânsito (desses, 49,4% foram acidentes de moto, seguido de 20,00% por atropelamento;
=> 14,1% por entorse
=> 10,6% foram por avulsão óssea.

Fonte: Rev bras ortop. 2013;48(5):427–431

Lesões associadas:

Fonte: Rev bras ortop. 2013;48(5):427–431


Os autores chegaram a conclusão de que o LCA foi o ligamento mais frequentemente lesado na associação com o LCP, seguido pela lesão periférica lateral.

Importante ressaltar que a reabilitação fisioterapêutica desses pacientes leva um pouco mais de tempo quando comparada aos pacientes que apresentam lesão de LCA. Portanto, é importante seguir as orientações de um profissional qualificado.



Lembre-se sempre: “Para uma vida saudável, cuide da saúde do seu corpo, da sua mente e do seu espírito!”

Fisioterapeuta Carolina Bagnariolli
@fisioterapiaortopedica
@carolbagnariolli
@projetocorpomenteespirito

ATENÇÃO: As informações existentes neste blog pretendem apoiar e não substituir a consulta médica. Essas informações são de caráter educativo, por isso, em caso de dúvidas, não hesite em realizar sempre uma avaliação pessoal com um médico da sua confiança.

Fontes:
- Caldas MTL, et al. Lesões do ligamentocruzado posterior: características e associações mais frequentes. rev bras ortop.2013, 4 8(5):427–431


Nenhum comentário:

Postar um comentário